Estado Islâmico: argumentos contra e a favor dos bombardeios

0
2
A possibilidade de ataques aéreos contra o 'Estado Islâmico' na Síria motivou protestos em Londres. Os críticos dizem temer uma repetição do prolongado conflito no Iraque Foto: Getty Images

Em questão de alguns poucos anos, o autodenominado Estado Islâmico se tornou um dos grupos jihadistas mais radicais e brutais em ação, responsável por violentos ataques como o que deixou 130 mortos em Paris no mês passado.

Muitos países europeus elevaram seus níveis de alerta, diante da ameaça de novos atentados.

Mas qual deve ser a resposta a essa situação?

Nesta quarta-feira, os Parlamentos do Reino Unido e da Alemanha votam propostas polêmicas para autorizar o bombardeio de posições do EI na Síria.

Mas essa possibilidade causa grandes divisões.

Há quem acredite que atacar o EI na Síria destruirá a infraestrutura do grupo extremista. Para outros, apenas aumentará o caos na região e o risco de ataques em território europeu.

Confira os principais argumentos a favor e contra a entrada na ofensiva bélica, da qual já participam Rússia, França e uma coalizão liderada pelos Estados Unidos.

CONTRA

Muitos sírios inocentes poderiam morrer

A organização Airwars, que monitora mortes de civis em conflitos, disse que a campanha russa contra posições do EI na Síria deixou, somente em outubro, pelo menos 250 civis mortos.

Redes de TV árabes também reportaram casos de vítimas civis, incluindo crianças, por consequência dos bombardeios que a França lançou contra o EI na cidade síria de Raqqa, depois dos ataques de Paris.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/os-argumentos-contra-e-a-favor-de-bombardear-o-estado-islamico,c46a9ad727ed29245b76345e8311f608ulspc4pw.html