Barcelona vence PSG e acerta renovação de Neymar por cinco anos

0
6
Alberto Saiz/AP Neymar tinha contrato até 2018, mas agora ampliou para 2021

Guilherme Palenzuela, João Henrique Marques, Pedro Lopes e Ricardo Perrone
Do UOL, em São Paulo e Paris (FRA)

Após meses de negociação, Neymar renovou seu contrato com o Barcelona. O novo acordo terá a duração será de cinco anos, até 2021, frustrando o interesse do PSG, que fez uma proposta milionária e chegou a balançar o atacante.

O documento ainda não foi assinado – isso deve ocorrer amanhã à tarde. O camisa 11 terá um substancial aumento, mas ainda ficará abaixo de Lionel Messi entre os mais bem pagos do clube. A multa rescisória variará durante a duração do contrato, entre 200 e 250 milhões de euros.

A NN Consultoria, empresa do pai do atacante, emitiu comunicado oficial sobre o acordo.

“A NN Consultoria, empresa responsável pela gestão da carreira de Neymar Jr. comunica que o atleta, juntamente com a sua família, decidiu permanecer no FC Barcelona e renovará seu vínculo por mais cinco anos. O contrato será formalizado ainda nesta semana e a decisão encerra as especulações acerca do futuro do craque. “Estamos seguindo para a segunda etapa de Neymar Jr. Estamos muito felizes com decisão do Neymar Jr. e do clube catalão”, explica o empresário Neymar Pai”, cita a nota.

Bastidores: fim de contratos de imagem e ultimato

De acordo com a apuração do UOL Esporte, as últimas duas semanas foram determinantes para que o novo acordo se desenhasse. O jogador recebeu a visita de representantes do PSG, que traziam consigo a oferta de salários que chegavam perto dos 50 milhões de euros. O Barcelona, então, se mobilizou e enviou ao Brasil dois representantes.

Os procuradores do clube espanhol colocaram para Neymar uma série de medidas para apressar a renovação, pressionar o brasileiro a dizer não ao PSG e evitar problemas jurídicos futuros. A primeira delas foi a iniciativa de, no novo acordo, abandonar os polêmicos contratos que geraram problemas com o fisco espanhol – de scouting com Neymar pai e de imagem com sua empresa. Desta vez, a ideia é abandonar acordos paralelos com as empresas do pai, e fazer tudo diretamente com o jogador.

O Barcelona também indicou que o clima para a permanência de Neymar sem assinar um novo vínculo não seria bom. O clube catalão temia que, caso o brasileiro chegasse a entrar no último ano de contrato com a camisa do Barça, poderia sair de graça – sem renovar, era melhor que fosse vendido por uma quantia alta já nesta temporada. Isso foi deixado claro ao estafe do jogador.

Por último, ofereceu um substancial aumento, mas ainda abaixo do oferecido pelo PSG. O Barcelona deixou claro que que se o brasileiro priorizasse a parte financeira, deveria mesmo ir a Paris.

Pessoas próximas ao jogador afirmam que a palavra final foi do próprio Neymar. Com as cartas na mesa, pesou a vontade do jogador de permanecer em Barcelona e negar a oferta superior dos franceses.

Alívio

“Muito feliz de continuar vivendo esse sonho! Visca Barça y Visca Catalunya”, escreveu Neymar.

Neymar e Barcelona discutiam a extensão do vínculo desde o ano passado. Neste período, várias equipes tentaram atravessar a negociação ofereceu valores astronômicos para ter o

A oferta francesa foi a que mais interessou Neymar. O camisa 11 teve queda de rendimento na segunda metade desta temporada e passou a ouvir críticas de torcedores e jornalistas pela vida noturna agitada em meio aos jogos importantes do time. Na eliminação na Liga dos Campeões para o Atlético de Madrid considerou boa as atuações e não gostou do que passou a encarar como perseguição por ser avaliado pela mídia como o pior do tridente.

Desde o começo da negociação com o Barcelona, a família de Neymar queria garantias de que um novo acordo não representasse novos problemas com o fisco espanhol. Neymar responde processo na Justiça da Espanha por evasão de divisas.

O comunicado de Neymar acontece horas depois de o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, afirmar que o atacante permaneceria no clube.

“Sobre o Neymar, ele não quer sair do Barcelona e nós também não queremos que ele vá. Não sei se será hoje, amanhã, mas confirmaremos a renovação nos próximos dias por cinco temporadas. Aos sócios do clube, digo que nunca quisemos que ele fosse embora. Os advogados do clube e Neymar estão fechando detalhes por estes dias”, comentou o presidente durante a coletiva.

Fonte: http://esporte.uol.com.br/