Após governo ‘reprimir’ memes, PT libera estoque de fotos para piadas com Temer

0
21

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República havia notificado páginas de humor na internet por uso indevido de imagens

Presidente Michel Temer em uma das imagens disponibilizadas pelo Partido dos Trabalhadores no Flickr
Lula Marques/Agência PT Presidente Michel Temer em uma das imagens disponibilizadas pelo Partido dos Trabalhadores no Flickr

Após algumas páginas de humor na internet serem notificadas pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República por publicarem memes (piadas) utilizando imagens de canais oficiais de comunicação do governo , o Partido dos Trabalhadores (PT) criou um álbum com mais de 400 fotos de Michel Temer na sua conta no Flickr.

“Golpista enviou notificações para quem usou fotos oficiais em memes sobre a crise política. O PT coleciona imagens do usurpador com uso liberado, inclusive para memes”, diz a descrição da galeria. As imagens do fotógrafo Lula Marques mostram Michel Temer com as mais variadas expressões, ao lado de políticos ou de sua esposa, Marcela Temer, dando à internet um verdadeiro arsenal para piadas.

Polêmica com os memes

Ao menos duas páginas ‘produtoras de memes’ tornaram-se alvos das notificações do Planalto: o perfil do site ‘Ah Negão!’ e a página ‘Capinaremos’ – ambas atuantes no Facebook.

Os autores das piadas usando fotos do presidente receberam e-mails informando que “todas as fotografias [disponíveis nos canais do governo] estão liberadas para uso jornalístico e divulgação das ações governamentais”, e que “é necessária autorização prévia da Secretaria de Imprensa da Presidência da República” para o uso das fotos “para outras finalidades”.

Em nota, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República confirmou que houve notificações por parte do governo, mas defendeu que “não há tentativa de censura a nenhum veículo de comunicação”. O e-mail, segundo a pasta, foi encaminhado pelo Departamento de Fotografia da Secom e se refere à “exploração comercial de imagens”.

Página Capinaremos fez troça com pedido do governo para creditar imagens oficiais do Planalto
Reprodução/Capina Meme Factory Página Capinaremos fez troça com pedido do governo para creditar imagens oficiais do Planalto

“O e-mail visa facilitar o uso, desde que citado o crédito de autoria, de imagens oficiais do presidente da República”, diz a nota. “A medida busca democratizar o acesso ao acervo fotográfico produzido pelo departamento, sobretudo a veículos de comunicação que não mantêm profissionais de imagem credenciados no Palácio do Planalto.”

Internet contra-ataca

A informação de que páginas de humor estão na mira do governo, é claro, não agradou aos internautas, que declararam uma ‘guerra’ bem-humorada contra o governo Temer.

A própria página Carpinaremos, uma das notificadas pela Secom da Presidência, fez troça com o pedido de dar crédito às fotografias oficiais do governo, divulgando marcas d’água (recurso para proteger o crédito das imagens) com a logomarca “Planalto Memes”.

A página também divulgou uma nota classificando a notificação do governo Michel Temer como “obscura e confusa” e dizendo que não irá parar de fazer piadas. “Jamais vamos agradar a todos, contudo não é certo ficarmos calados frente a tudo que está a”, diz o texto.

Fonte: Último Segundo – iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-05-24/michel-temer-memes.html