Segurar o choro pode provocar alterações no organismo

0
9

O choro é um sinal externo do nosso estado emocional, uma maneira do corpo expressar os sentimentos. A reação é imediata, não programada e muito difícil de ser contida. E é bom chorar!

Você chora fácil ou não consegue chorar? A consultora e pediatra Ana Escobar explicou no Bem Estar desta quinta-feira (18) que segurar o choro pode provocar vários problemas. E como lidar com aquele choro inevitável? Quem falou sobre o assunto foi o consultor e psiquiatra Daniel Barros.

O choro é um sinal externo do nosso estado emocional, uma maneira do corpo expressar os sentimentos. A reação é imediata, não programada e muito difícil de ser contida. E é bom chorar! Emoção contida não faz bem ao organismo. Pessoas que tentam abafar a emoção podem ter reações físicas, como alteração da pressão arterial, problemas digestivos.

Chorar alivia a dor, a tensão e faz bem. É importante deixar as lágrimas caírem. O choro do luto, por exemplo, é necessário. A tristeza necessita do choro para diminuir sua intensidade. E não é só de tristeza que choramos. O choro de alegria também é inevitável.

E os bebês? Por que choram? O choro é a maneira como as crianças conseguem se expressar, é a primeira forma de linguagem que o ser humano aprende. Alguns são fáceis de identificar. O choro de fome é um gemido, quase apelo; o de dor é um choro com grito agudo que não para, acompanhado de alguns movimentos, como se contorcer, se esticar; o choro de manha é alto, mas não se sustenta; o de fralda suja é mais fraco, menos intenso; já quando a criança está com sono, ela fica agitada e com o choro nervoso.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/segurar-o-choro-pode-provocar-alteracoes-no-organismo.ghtml