Uber demite executivo que teve acesso a dados de passageira vítima de estupro

0
13
https://theenemy.com.br/uber-demite-executivo-que-teve-acesso-a-dados-de-passageira-vitima-de-estupro

Nesta semana, empresa já havia demitido 20 funcionários em meio a acusações de assédio, discriminação e comportamento inapropriado no ambiente de trabalho

Apesar de esforços da companhia para resolver crises internas, os problemas da Uber com algumas de suas lideranças continua. De acordo com reportagens do The New York Times e do Recorde, Eric Alexander, presidente da Uber para a Ásia-Pacífico, foi demitido em meio a uma polêmica envolvendo a forma com que o executivo agiu em uma investigação de um caso de estupro de uma passageira em um dos veículos do serviço em Nova Delhi, Índia.

Segundo ambas publicações, Alexander teria desconfiado da veracidade do depoimento da vítima e buscado os registros do caso para avaliar sua autenticidade. O executivo teria então compartilhado os documentos com Travis Kalanick, CEO da Uber, e Emil Michael, vice-presidente da empresa. O pretexto do compartilhamento seria a suspeita do trio de que a história poderia ter sido fabricada pela principal concorrente da Uber na Índia, Ola, como forma de sabotar e atingir a reputação da empresa do Vale do Silício.

Os documentos conseguidos por Alexander supostamente já teriam sido destruídos, mas ainda não é certo se cópias ainda circulam pela empresa. Também não há informações que confirmam se o executivo teria tido acesso aos documentos por vias legais. A Uber confirmou o desligamento de Alexander, mas ainda não comentou o caso.

Na última terça-feira (06), a empresa já havia demitido 20 de seus funcionários em meio a acusações de assédio, discriminação e comportamento inapropriado no ambiente de trabalho.

Fonte: https://theenemy.com.br/uber-demite-executivo-que-teve-acesso-a-dados-de-passageira-vitima-de-estupro