O Leão

0
14223

Os filhotes não haviam ainda aberto os olhos. Estavam há três dias junto da mãe leoa, movendo-se apenas para tatear em busca de leite, sem nada ver ou ouvir.

Um pouco afastado, o leão observava-os orgulhosamente.

Subitamente pôs-se em pé e, sacudindo a linda juba, soltou um rugido que parecia um trovão.

Imediatamente os filhotes abriram os olhos, enquanto que todos os animais selvagens da floresta fugiram aterrorizados.

Assim como o leão acorda seus filhos com um grito alto, também o elogio desperta a virtude adormecida de nossos filhos. Encoraja-os a estudar e a lutar pela honra, e afasta tudo o que é indigno deles.

Leonardo da Vinci.