Mães e doentes crônicos podem ser vacinados contra gripe nesta segunda

0
5
Enfermeira prepara injeção com vacina para o vírus H1N1 (Foto: Carla Carniel/Código 19/Estadão Conteúdo)

Campanha começou há uma semana para crianças, gestantes e idosos.
Meta é imunizar população contra gripe e H1N1 em SP.

Mulheres que acabaram de ter bebês, pessoas com doenças crônicas e outros grupos começam a receber a vacina contra a gripe a partir desta segunda-feira (18) na região metropolitana de São Paulo. A campanha de vacinação começou na última segunda-feira (11) para gestantes, idosos e crianças de 6 meses a 5 anos.

A vacinação foi antecipada no estado por causa do aumento dos casos de H1N1. A vacinação será feita nos postos de saúde das 7 às 19h, de segunda a sexta nos postos de saúde. Aos sábados, a vacinação ocorre somente nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs (Assistências Médicas Ambulatorais) integradas.

A expectativa da Secretaria Estadual da Saúde é vacinar 3,5 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários na Grande São Paulo.

No estado, 36% do público alvo já foi imunizado, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. De acordo com a pasta, 715 pessoas já pegaram a doença e 91 morreram após contrair o vírus do H1N1.

Já na Capital, segundo o secretário da Saúde, Alexandre Padilha, 450 unidades da rede pública municipal estão abertas para atender o público prioritário. A campanha antecipada fará a aplicação de 3 milhões de doses da vacina em postos de saúde.

Em menos de uma semana, mais de um milhão de pessoas já se vacinaram contra o vírus H1N1 na rede pública da capital paulista. O número já representa quase a metade do previsto pela Secretaria Municipal de Saúde.

A vacinação nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais) começou na última segunda-feira (11). A população tem lotado os postos em busca da imunização, já que a vacina demora, em média, 15 dias para agir no corpo.

Diferentes vacinas
As vacinas da rede pública são trivalentes e protegem contra os vírus H1N1, H3N2 e o tipo B.

Na rede privada, estão disponíveis também as vacinas quadrivalentes, com cepas para um outro tipo de gripe b, que circula nos Estados Unidos.

No restante do país, a campanha contra e influenza começa no dia 30 de abril e vai até o dia 20 de maio.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/04/maes-e-doentes-cronicos-podem-ser-vacinados-contra-gripe-nesta-segunda.html