Atleta descreve como viu olho sair da órbita em jogo de basquete – e continuou enxergando

0
12
Atleta descreve como viu olho sair da órbita em jogo de basquete - e continuou enxergando

Um jogador de basquete diz estar enxergando normalmente depois de seu olho sair da órbita durante uma partida.

Akil Mitchell, que joga pelo New Zealand Breakers, participava de um jogo da Liga Nacional Australiana de Basquete (NBL), em Auckland, quando teve olho deslocado acidentalmente pelo dedo de um adversário.

Mitchell, que é americano, foi levado com urgência ao hospital.

“Com a palma da minha mão, senti que meu olho esquerdo estava quase na minha bochecha”, contou o jogador à New Zealand Radio Sport.

“Eu ainda conseguia enxergar. Lembro que fiquei assustado, ainda mais depois de sentir que o olho estava fora do lugar”.

Jogador foi cercado pelos colegas ao sofre o acidente
Jogador foi cercado pelos colegas ao sofre o acidente Foto: Getty Images / BBCBrasil.com

Com uma toalha cobrindo o rosto, Mitchell saúda os torcedores
Com uma toalha cobrindo o rosto, Mitchell saúda os torcedores Foto: Getty Images / BBCBrasil.com

O americano de 24 anos, disse ter temido perder a visão e lembrou de como colegas e mesmo o público entraram em pânico.

“Na ambulância, os paramédicos me deram analgésicos e colocaram colírio. Senti quando colocaram o olho de volta no lugar, o que foi um sentimento estranho”.

O jogador tuitou um emoji bem-humorado. "Muito cedo?", brincou
O jogador tuitou um emoji bem-humorado. “Muito cedo?”, brincou Foto: @ajmitchell25/Twitter / BBCBrasil.com

“Foi um sentimento incrível poder piscar de novo”.

Mitchell teve alta ainda na quinta-feira, e fez piada com a própria situação ao usar o emoji de um par de olhos em um post no Twitter para dizer que estava bem.

Segundo o jogador, ele poderá voltar a jogar em breve.

A lesão sofrida pelo americano é rara, mas não sem precedentes, incluindo o basquete. Em 2006, durante um jogo do Campeonato Universitário Americano, Allan Ray teve o olho direito deslocado em um acidente semelhante, mas uma semana depois estava de volta às quadras.

Assim como no caso de Mitchell, ele teve o que médicos chamam de luxação do globo ocular, em que apesar do horror da saída do olho do lugar, não há danos ao nervo ótico – e, consequentemente, à visão.

Luxações podem ocorrer até no caso de um espirro mais violento.

Fonte: https://www.terra.com.br/noticias/mundo/atleta-descreve-como-viu-olho-sair-da-orbita-em-jogo-de-basquete-e-continuou-enxergando,abac0bc7476d84672867ebc45d400752p0xala5u.html