Experimento cria rato de duas cabeças; grupo quer fazer transplante de cabeça

0
6
Neurocirurgião italiano Sergio Canavero durante palestra TEDx; médico diz ser possível fazer transplante de cabeça nos próximos meses (Foto: Reprodução/YouTube/TEDx Talks)

Um dos autores da pesquisa é o neurocirurgião italiano Sergio Canavero, que afirma que será possível fazer um transplante de cabeça nos próximos meses.

A equipe do neurocirurgião que defende a possibilidade de se fazer um transplante de cabeça em curto prazo realizou um experimento que produziu um rato de duas cabeças. O médico italiano Sergio Canavero, que previu que conseguiria concretizar o transplante inédito no final de 2017, tem sido contestado por vários cientistas, que classificam sua proposta como “ficção científica”.

O estudo que descreve o experimento do rato de duas cabeças foi publicado no dia 21 de abril na revista “CNS Neuroscience & Therapeutics” e teve a participação de pesquisadores da Harbin Medical University, na China. O procedimento envolve três ratos: um doador de cabeça, um receptor e um terceiro animal usado para suprimento de sangue.

Segundo o artigo, os pesquisadores conseguiram ligar veias e artérias do doador e do receptor e garantiram o fluxo de sangue constante para a cabeça transplantada por meio de um tubo de silicone que levava o sangue do terceiro rato para a cabeça.

De acordo com os autores do estudo, o cérebro do doador não apresentou lesões provocadas por falta de irrigação sanguínea e o doador manteve reflexo de dor e reflexo na córnea. O experimento foi repetido em vários grupos de roedores. Os ratos de duas cabeças sobreviveram, em média, por 36 horas após a cirurgia.

Transplante de cabeça

O projeto de Canavero de fazer um transplante de cabeça já conseguiu até um voluntário: o russo Valery Spiridonov, que sofre de uma atrofia muscular chamada síndrome de Werdnig-Hoffmann, foi o primeiro homem que se candidatou a ter a cabeça transplantada para um novo corpo.

Em entrevista recente à plataforma digital “OOOM”, porém, Canavero afirmou que o procedimento inédito deve ser feito em um paciente chinês, e não em Spiridonov. Ele disse ainda que a cirurgia deve ocorrer nos próximos 10 meses na China e será liderada pelo cirurgião Xiaoping Ren, da Harbin Medical University, que também assinou o experimento do rato de duas cabeças.

Canavero afirmou que detalhes do procedimento serão anunciados em uma coletiva de imprensa na China nos próximos dois meses.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/experimento-cria-rato-de-duas-cabecas-grupo-quer-fazer-transplante-de-cabeca.ghtml